Seca leva Governo do Estado a decretar situação de emergência em Gravatá e outras 60 cidades

0
2077

Divulgado no Diário Oficial do Estado, o decreto vale por 180 dias

Mais Agreste

No último sábado (18), o governador de Pernambuco, Paulo câmara, através do Diário Oficial do Estado, decretou situação de emergência em Gravatá e outros municípios do Agreste, por um período de 180 dias. A falta de chuvas na região vem prejudicando o abastecimento de águas nas cidades atingidas pela estiagem.

De acordo com o texto, os municípios estão liberados a buscarem recursos, junto aos governos estadual e federal, para diminuir os transtornos gerados pela seca, a exemplo da agropecuária, que vem sofrendo “perdas significativas”. A ajuda pode ser convertida em carro-pipa, dinheiro ou material.

Confira, abaixo, as 61 cidades afetadas pela estiagem:

  • Agrestina
  • Águas Belas
  • Alagoinha
  • Altinho Angelim
  • Belo Jardim
  • Bezerros
  • Bom Conselho
  • Bom Jardim
  • Brejão
  • Brejo da Madre de Deus
  • Buíque
  • Cachoerinha
  • Caetés
  • Calçados
  • Canhotinho
  • Capoeiras
  • Casinhas
  • Cumaru
  • Cupira
  • Feira Nova
  • Frei Miguelinho
  • Garanhuns
  • Gravatá
  • Iati
  • Ibirajuba
  • Itaíba
  • Jataúba
  • João Alfredo
  • Jucati
  • Jupi
  • Jurema
  • Lagoa do Ouro
  • Lajedo
  • Limoeiro
  • Orobó
  • Paranatama
  • Passira
  • Pesqueira
  • Pedra
  • Poção
  • Riacho das Almas
  • Sairé
  • Saloá
  • Sanharó
  • Santa Cruz do Capibaribe
  • Santa Maria do Cambucá
  • São Bento do Una
  • São Caetano
  • São João
  • São Joaquim do Monte
  • São Vicente Férrer
  • Surubim
  • Tacaimbó
  • Taquaritinga do Norte
  • Terezinha
  • Toritama
  • Tupanatinga
  • Venturosa
  • Vertente do Lério
  • Vertentes

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui