23 pessoas são atingidas por agulhadas no carnaval de Recife e Olinda

0
1084

15 mulheres e 8 homens realizaram à profilaxia pós-exposição (PeP) contra a infecção pelo HIV e outras infecções

Imagem Ilustrativa / Internet

Mais Agreste, com SECOM

Assim como no ano passado, o carnaval em Recife e Olinda vem registrando furadas de agulhas durante as atrações. Em apenas sete dias, 23 pessoas – 15 mulheres e 8 homens – foram vítimas, segundo informação da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE).

Das 21 pessoas que deram entrada no Hospital Correia Picanço, no último sábado (22), 12 disseram ter sido atingidas pelas agulhas. Imediatamente, foram submetidas à profilaxia pós-exposição (PeP), sendo prevenidas contra a infecção pelo HIV e outras infecções.

O Centro de Informações Estratégicas de Vigilância à Saúde alerta que as vítimas realizem o monitoramento de possíveis infecções no Serviço de Atenção Especializada (SAE) do próprio Correia Picanço, como também nos municípios de residência.

A Polícia Civil de Pernambuco (PCPE) vai investigar os casos.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui