Promotora de Justiça de Gravatá autoriza ação da Polícia Militar para quem descumprir normatizações contra o coronavírus

0
3693

A representante do Ministério Público pede a colaboração da população e dos turistas presentes no município

Foto: Reprodução / Facebook

Igor da Nóbrega

A promotora de Justiça de Gravatá, Fernanda Nóbrega, emitiu uma nota, nesta sexta (20), autorizando a Polícia Militar para agir nos casos em que se verifique descumprimento das normatizações expedidas pelos Governos Estadual e Municipal na luta contra o coronavírus. Através de áudio, a representante do Ministério Público pede a colaboração da população e dos turistas presentes no município do Agreste pernambucano.

“A Polícia Militar já está autorizada a agir nos casos de descumprimento e não queremos isso para nossa cidade, não queremos isso para nosso município, nem para as pessoas que aqui convivem. Então conto com todos vocês para obedecer as orientações, para obedecer as normas temporárias que foram criadas especialmente para este momento, para que evitemos o crescimento da curva de contaminação em nosso município, colaborando com nosso estado e país”, alertou Fernanda Nóbrega.

A promotora lembra que as autoridades federais, estaduais e municipais têm se empenhado na luta contra a propagação do vírus. “Conclamo a população de Gravatá a ficar em casa, a fazer isolamento social, a evitar se dirigir às ruas sem necessidade. E quando o fizer, para padarias, supermercados e farmácias, que o façam em uma só pessoa por família, para evitar contato ou contágio de outras pessoas. O momento é sério, precisamos nos unir, precisamos preservar uns aos outros”, destacou.

Confira, abaixo, o áudio na íntegra:

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui