Prefeito diz que é humanamente impossível impedir entrada de turistas que possuem residência em Gravatá

2
1508

Joaquim Neto diz que é humanamente impossível fiscalizar as 28 entradas e saídas que dão acesso a Gravatá

Imagem Ilustrativa: Mariana Dantas / NE10

Igor da Nóbrega

O prefeito de Gravatá, Joaquim Neto, afirmou, na noite deste sábado (21), por meio de uma Live no Facebook, que a Prefeitura Municipal não pode impedir a entrada de turistas que possuem casa no município do Agreste pernambucano.

“É humanamente impossível, com uma BR federal cortando o município. Gravatá tem 28 entradas e saídas, então não existe essa possibilidade, caso você quisesse realizá-la. Imagina a quantidade ações que iríamos fazer, na hora que o turista, que também é contribuinte do IPTU, que tem casa por aqui, fosse barrado de entrar na sua residência? O direito de ir e vir tem que ser respeitado”, afirmou o Joaquim Neto.

O prefeito destaca ainda que já tratou do assunto com o Ministério Público e com o comandante da Polícia Militar.

Prefeitura cria cartilha com recomendações para condomínios e privês

Para evitar a propagação da doença no município, a Prefeitura de Gravatá lançou, na noite da última sexta (20), uma cartilha com orientações sobre o novo coronavírus para privês e condomínios fechados. A medida emergencial visa alertar os recifenses e turistas recém-chegados.

Mais uma vez conversando sobre as medidas de combate ao coronavírus. Vamos juntos proteger nossa cidade.

Posted by Joaquim Neto on Saturday, March 21, 2020

2 Comentários

  1. Só basta o senhor ser mais inteligente, pra impedir os turista que tem residência em Gravatá, pensa no próximo é pensa na população e na quantidade de idosos que tem aí.

  2. Se não se pode impedir a entrada no Município, que pelo menos tenham a responsabilidade de evitar ter contatos com outras pessoas, inclusive usando máscaras e luvas e ficando em casa.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui