Defesa Civil na Itália diz que confinamento será prorrogado até 2 de maio

0
423

O fim do confinamento estava previsto para o dia 13 de abril

Foto: Yara Nardi / Reuters

G1

O chefe da Defesa Civil italiana, Angelo Borrelli, disse, nesta sexta (3), que o confinamento será prorrogado por, pelo menos, até 2 de maio. O italiano reforçou a necessidade de um isolamento rigoroso.

“Infelizmente, não acredito que essa situação tenha passado até 1º de maio, precisamos ser extremamente rigorosos”, disse Borrelli, em entrevista à rádio pública RAI 1. Para o chefe, os italianos terão que ficar em casa “por muitas semanas” ainda.

Desde o dia 9 de março, o país vive um isolamento total, que inclui a suspensão de aulas e serviços não essenciais. Eventos foram cancelados, além da limitação imposta ao transporte de mercadorias. O fim do confinamento estava previsto para o dia 13 de abril.

Medidas de confinamento

Há quase um mês, toda a Itália vive um regime bastante restrito de confinamento, para evitar a propagação do novo coronavírus no país, que, até esta sexta-feira, é o que mais registrou mortes por Covid-19 em todo o mundo.

  • Todo o comércio, exceto farmácias e mercados, deve ficar fechado;
  • Entregas de refeições em domicílio estão mantidas;
  • Serviço de transporte continua em funcionamento;
  • Bancos, correios e seguradoras continuam abertos;
  • Fábricas podem funcionar, desde que garantam condições de segurança.

A Itália teve 13.915 mortes associadas ao coronavírus; destas, 760 foram nas últimas 24 horas. O número de infectados pelo vírus Sars-Cov-2 no país é de 115.242, segundo o Ministério da Saúde.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui