APELO: Empresário gravataense pede para que pessoas não deixem de doar alimentos

0
627

A ação social visa minimizar os efeitos da crise financeira provocada pelo novo coronavírus

Igor da Nóbrega

Na manhã deste sábado (18), o gravataense Aldo José fez novamente um apelo nas redes sociais. O empresário, que vem distribuindo cestas básicas para famílias carentes de Gravatá, no Agreste de Pernambuco, pediu para que a população não deixe de doar alimentos. A ação social visa minimizar os efeitos da crise financeira provocada pelo novo coronavírus.

“Peço a vocês que não parem de doar. Os trabalhadores de restaurantes, hotéis, motéis, bares e que realizam eventos, estão passando necessidade. Traga só 1 Kg de farinha, um pacote de fubá ou bolacha, que já dá para montarmos as cestas. Vamos continuar doando para a gente ajudar o máximo de pessoas possíveis”, pediu o empreendedor, por meio de um vídeo.

Aldo diz ter recebido mensagem de uma criança, que, junto com a família, estavam passando necessidade. “Eu sou pai e quem é pai e ouvir a mensagem, com certeza também vai ficar com o coração partido. Quando recebi a mensagem, fui na casa dela e ajudei como eu podia. Fui dormir aliviado. O pai da criança trabalhava num restaurante daqui da cidade, que acabou fechando. Como eles não têm de onde tirar o sustento, foram catar latinhas, mas não tinham onde vender”, explicou.

A iniciativa foi elogiada pelo empresário recifense Paulo Victor Mergulhão, proprietário do restaurante La Fondue Unique. “Precisamos dar as mãos e não deixar de fazer nossa parte, neste momento difícil. Irei entrar em contato com amigos empresários do estado e pedir a colaboração de todos, para que a ação do amigo Aldo possa beneficiar mais famílias ainda”, destacou.

Para fazer a doação, os voluntários devem deixar os alimentos não perecíveis no restaurante Cantina La Massa, que está localizado na Avenida Governador Agamenon Magalhães, 306 – Prado. O horário de funcionamento vai das 8h às 23h.

Confira, abaixo, o vídeo na íntegra:

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui