Prefeito de Gravatá anuncia redução de 20% nos salários de comissionados por 3 meses

0
696

A medida vale para os meses de abril, maio e junho

Foto: SECOM

Igor da Nóbrega

Diante da epidemia do coronavírus que também atinge a economia do município de Gravatá, no Agreste do estado, o prefeito Joaquim Neto anunciou, na noite desta quinta (30), por meio de uma coletiva de imprensa realizada pela internet, a redução de 20% dos salários dos cargos comissionados. A medida vale para os meses de abril, maio e junho.

O chefe do Executivo lembra que o corte não atinge os profissionais de saúde e alguns funcionários da Guarda Municipal, que também estão atuando na linha de frente no combate ao vírus. “A medida vai gerar uma redução de R$ 400 mil por mês e R$ 1 milhão e 200 mil durante os três meses”, disse Joaquim Neto.

A medida se aplica também aos salários do prefeito, vice-prefeito, secretários e diretores.

“Aqueles que recebem até um salário mínimo, também não sofrerão o corte dos 20%”, concluiu Joaquim Neto.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui