Em Gravatá, mais de 25 mil famílias serão isentas da taxa de iluminação pública por três meses

0
831

O município está renunciando a arrecadação de R$ 135 mil por mês

Foto: Reprodução / TV Globo

Igor da Nóbrega

Mais de 25 mil famílias da cidade de Gravatá, no Agreste do estado, vão ser beneficiadas com a isenção da taxa de iluminação pública por três meses. A medida foi anunciada pelo prefeito Joaquim Neto, durante uma coletiva de imprensa realizada no Skype, na noite desta quinta (30).

A iniciativa vai ao encontro da crise econômica provocada pela epidemia do coronavírus no Brasil. “Isso significa uma renúncia de receita na ordem de R$ 135 mil por mês, totalizando R$ 405 mil, durante todo o período, que o município abdicou em prol das famílias menos favorecidas”, destacou o chefe do Executivo.

Só terá direito quem não ultrapassar o consumo de 220 KWh/mês. A isenção da taxa de iluminação pública faz parte do novo projeto de lei 005/2020, enviado, em caráter de urgência, para votação na Câmara Municipal. O não pagamento do tributo acontece entre os dias 1º abril e 30 de junho de 2020, prazo que corresponde a 90 dias.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui