Em Gravatá, isolamento social está quase 20% abaixo do esperado; prefeito alerta sobre perigo da Covid-19

0
303

O chefe do Executivo, Joaquim Neto, lamenta a falta de consciência por parte daqueles que não vêm respeitando a quarentena

Gráfico: SECOM / Divulgação

Mais Agreste, com SECOM

A população de Gravatá vem deixando à desejar sobre o isolamento social decretado em todo o país. Nesta quarta (6), apenas 43,7% da população está respeitando as medidas recomendadas pela gestão municipal para frear a transmissão do novo coronavírus, número que preocupa os órgãos de saúde..

“Temos que passar de 60% e eu não entendo o motivo das aglomerações no centro da cidade, principalmente de pessoas sem máscaras. O que podemos fazer, como gestão, estamos fazendo, mas as pessoas precisam ter consciência e valorizar a vida. O mundo todo já provou que não consegue aguentar a pandemia e só podemos minimizar os efeitos com o isolamento social. Esse mês é crítico e é preciso que todos que puderem, fiquem em casa”, destacou o prefeito Joaquim Neto.

A ferramenta utilizada para monitorar a quarentena foi desenvolvida pelo MP LABS MPPE, em parceria com a InLoco. Diariamente, são emitidos relatórios com os dados de todos os municípios pernambucanos.

O número de pessoas respeitando o isolamento social em Gravatá caiu nos últimos dias. É o que mostram os dados de um mapeamento realizado pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE).

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui