Pastor Valdemiro Santiago cobra R$ 1 mil por semente que ‘cura’ novo coronavírus

0
398

O líder da Igreja Mundial Poder de Deus não mostra qualquer comprovação clínica ou científica da eficácia da semente

Foto: Reprodução / YouTube

Mais Agreste

O líder da Igreja Mundial do Poder de Deus, o pastor Valdemiro Santiago, causou polêmica após divulgar um vídeo no dia 1º de maio, na conta da instituição religiosa do YouTube. Nele, o religioso afirma que a cura do novo coronavírus pode ser obtida pela compra de sementes, que devem ser adquiridas pelos fieis pelo valor de R$ 1 mil (cada).

Para persuadir os telespectadores quanto ao poder da efetividade do vegetal, Valdemiro cita o suposto exame de uma pessoa, que teria chegado a um estado terminal e gravíssimo, após contrair o vírus. O pastor dá a entender que o produto, sem qualquer teste clínico ou comprovação científica, é responsável pelo milagre.

“Tá ali o exame, para quem quiser. Você vê como a semente é semeadora. E aí sim conseguiu vencer a crise e a epidemia. Só tem um jeito de se vencer essas fases difíceis. É semeando, e semeando na obra de Deus. Essa semente é interessante. É a semente ‘sê tu uma bênção’. Você vai semear essa semente e na planta que nascer vai estar escrito ‘Sê tu uma benção’.”, promete.

O nome da semente não é divulgado no vídeo.

Para adquirir o produto, os interessados devem acessar o site da igreja ou ligar para as centrais telefônicas disponibilizadas. Apesar do valor inicial cobrado ser de R$ 1 mil, quantias menores também são aceitas, dependendo da capacidade da “semeadeira” do fiel.

Contrário às políticas de isolamento social adotadas em todo o Brasil, a instituição religiosa anunciou, no dia 24 de abril, a reabertura dos templos mediante reserva de horários pela internet.

Confira o vídeo na íntegra:

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui