População ignora quarentena e Gravatá vivencia rápido crescimento nos casos de coronavírus

0
2360

Dois novos óbitos da doença foram confirmados pela Secretaria Municipal de Saúde, nesta quinta (7)

As ruas de Gravatá permanecem todas de pessoas e veículos, a exemplo da principal avenida da cidade. (Foto: Dennis Alexander)

Igor da Nóbrega

O município de Gravatá, no Agreste do estado, vem apresentando um rápido crescimento no número de casos do novo coronavírus. Grande parte da população não está respeitando a quarentena, considerada a medida mais eficaz no combate à Covid-19, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

No último boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, na noite desta quinta (7), foram notificados mais dois óbitos da doença, totalizando quatro vítimas fatais. Outras duas mortes seguem em investigação. Já o número de casos confirmados chega a 17.

Os números vêm preocupando autoridades locais. No Facebook, o prefeito Joaquim Neto emite um novo alerta. “Mais de 60% da população fica nas ruas. Não adianta todas as ações que estamos fazendo se você não fizer sua parte. Cada saída de sua casa, pode representar sua vida, de um parente, e não é isso que você quer para si, muito menos nós”, lamentou.

Nesta quarta (6), o Mais Agreste divulgou o histórico do índice de isolamento social de Gravatá. No município,apenas 43,7% da população estava ficando em casa e respeitando as medidas recomendadas pela gestão municipal.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui