Governo concede registro para cubanos reintegrarem o programa Mais Médico

0
230

A medida vai dar um suporte maior a luta contra a epidemia do novo coronavírus

Foto: Reuters

Agência Brasil

O Ministério da Saúde publicou, no Diário Oficial da União desta segunda (18), a lista de médicos cubanos que serão reincorporados ao programa Mais Médicos. A medida vai dar um suporte maior a luta contra a epidemia do novo coronavírus.

De acordo com a Portaria nº 31, por meio da Secretaria de Atenção Primária à Saúde será concedido registro único para o exercício da medicina, no âmbito do projeto, aos médicos cubanos “reincorporados em 1ª chamada do Edital nº 9 de 26 de março de 2020”.

Em março, o Ministério da Saúde informou que 7.167 médicos já haviam se inscrito no edital do Mais Médico aberto para reforçar as equipes de saúde em função da epidemia do novo coronavírus (covid-19). A previsão anunciada foi de que até cinco chamadas seriam feitas, sendo que médicos cubanos poderão ser convocados após a 3ª chamada.

A pasta havia estimado um total de R$ 1,4 bilhão em investimentos, e que esses profissionais poderão atuar em mais de uma unidade de saúde, o que deverá ser organizado pelas respectivas secretarias de saúde.

Para acessar a portaria com a lista dos médicos cubanos, bem como a localidade e a data em que as atividades serão iniciadas, clique aqui.

Veja os números da pandemia da covid-19 no Brasil e no mundo aqui.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui