“Quem mais tá pagando a conta são os idosos”, diz prefeito sobre baixo isolamento social em Gravatá

0
254

Neste domingo (7), a taxa de quarentena ficou em apenas 43% no município

Igor da Nóbrega

Na noite desta segunda (8), o prefeito de Gravatá, Joaquim Neto, voltou a criticar o baixo isolamento social vivenciado no município do Agreste pernambucano. Durante uma transmissão ao vivo (LIVE) nas redes sociais, o chefe do Executivo chamou à atenção para o público mais atingido com a falta de conscientização por da população, que são os idosos.

“Os jovens ficam na rua, perambulando para lá e para cá, e leva para casa o problema, principalmente para o idoso. Temos uma paciente, com 86 anos, entubada e com o estado de saúde delicado. A gente vem mostrando o tempo todo, mas as pessoas não têm tido esta atenção.” explicou o prefeito.

Joaquim Neto afirma que a taxa de isolamento caiu consideravelmente no último fim de semana. “Sexta-feira foi um desastre, este sábado e o outro também e, no domingo, chegamos apenas a 43%. As pessoas estão vendo o número de casos e mortes aumentando, mas não se conscientizam. Minha equipe e eu não vamos parar de informar”, pontuou.

O chefe do Executivo lembra que é indispensável que todos comecem a levar a quarentena com seriedade. “O que a gente tem visto, o que a gente tem feito? Tem feito a nossa parte, agora faça sua parte. Seria muito bom se todo mundo tivesse a sorte de ter o coronavírus e não precisar de UTI, hospital ou medicamento”, concluiu.

BOLETIM COVID-19

O último Boletim COVID-19, divulgado no fim da tarde desta segunda (8), registra 112 casos confirmados da doença, com três novas ocorrências. Do total, são 18 óbitos e 43 pessoas recuperadas. Duas mortes ainda estão em investigação, juntamente com 33 pacientes.

Posted by Prefeitura de Gravatá on Monday, 8 June 2020

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui