Por Skype, prefeito de Gravatá discute com líderes religiosos retomada de missas e cultos

0
237

Um plano de reabertura gradual dos espaços religiosos foi discutido com os presentes

Foto: Reprodução / Videoconferência / SECOM

Mais Agreste, com SECOM

O prefeito Joaquim Neto participou, na manhã desta terça (9), de uma videoconferência com líderes de igrejas católicas e evangélicas de Gravatá, no Agreste do estado. A pauta do encontro online foi voltada à retomada de missas e cultos no município, através da elaboração de um plano de reabertura gradual dos espaços religiosos.

Na ocasião, o gestor municipal ouviu as demandas e elaborou um projeto inicial, que apresenta as principais determinações e recomendações para o retorno das atividades. Para tanto, as igrejas deverão se adequar às exigências sanitárias e de saúde, para não expor os fieis ao risco da contaminação do novo coronavírus.

“Temos um compromisso com Deus e entendemos que a fé alimenta a alma. Porém, mais importante que a realização das missas e cultos para grandes públicos, são pequenos grupos de oração. Nosso objetivo é liberar inicialmente o encontro de até dez pessoas, seguindo todo o protocolo de higiene e segurança”, explicou o prefeito.

Segundo Joaquim Neto, o retorno convencional de missas e cultos deverá acontecer no mesmo período da retomada das aulas presenciais para os estudantes, em alguns meses.

Por fim, o gestor destaca que vem acompanhando os índices da Covid-19 no município e no estado. “Neste momento, a prioridade é com a saúde pública. Todas as medidas serão colocadas em prática somente com a permissão dos órgãos competentes e de maneira segura, baseada nas orientações da saúde”, concluiu.

O encontro contou ainda com a presença de representantes do Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e do Comitê de Crise.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui