AGRESTE: Em ato de desespero, mulher desenterra corpo de filho que havia falecido há cerca de 1 mês

0
664

O fato acabou sendo registrado por um funcionário que havia acabado o expediente do dia

Foto: VEC / Garanhuns

Mais Agreste, com informações do AB 1

Um fato inusitado e triste foi registrado, nesta quinta (16), no município de Garanhuns, Agreste de Pernambuco. Uma mulher, 22 anos, desenterrou o corpo do próprio filho, que havia falecido há cerca de um mês. O fato aconteceu no Cemitério Parque das Rosas.

De acordo com o funcionário do local, Emanoel Alves, a mãe estava com os restos mortais do bebê nos braços, retirado da sepultura, e pedia um local para trocar a fralda dele. “Já tinha terminado meu expediente. Eu tinha fechado o portão e tava numa sala. Ouvi batendo a porta. Eu fiquei surpreso, porque não esperava mais ninguém. Perguntei quem era e saí. Vi ela segurando algo nos braços e perguntei quem era. Ela disse que era um bebê e perguntou se tinha um banheiro, para trocar a fralda dele. Aí eu perguntei onde ela tinha pego o bebê”, explicou.

A mulher acabou entregando os restos mortais do filho à equipe do Serviço de Atendimento Móvel em Urgência (SAMU), que esteve no local com a Vigilância Sanitária e a casa funerária que prestou os serviços à família da criança.

Em seguida, a mulher foi encaminhada até o Hospital Municipal Dom Moura, onde recebeu atendimento.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui