Prefeito se reúne com Comitê de Crise para definir se reabre academias e restaurantes de Gravatá

1
526

A Secretaria Municipal de Comunicação ainda não confirmou a reabertura das atividades comerciais mencionadas

Prefeito de Gravatá, Joaquim Neto, participando de uma reunião com o Comitê de Crise no dia 12 de maio. (Foto: SECOM)

Igor da Nóbrega

O prefeito de Gravatá, Joaquim Neto, participará de uma reunião com o Comitê de Crise para definir se academias, bares, lanchonetes e restaurantes serão reabertos no município. Durante uma coletiva de imprensa, realizada nesta quinta (30), o Governo do Estado informou que as cidades da Macrorregião de Saúde II (Agreste) serão incluídas nas 5ª e 6ª etapas do Plano de Convivência com a Covid-19.

A gestão municipal deverá avaliar, nos próximos dias, a viabilidade da retomada das referidas atividades comerciais. A medida pode levar em consideração os casos e mortes do novo coronavírus, que ainda não tiveram uma queda significativa na cidade. Segundo o último boletim divulgado pela Secretaria de Saúde de Gravatá, o município registrou dois óbitos e quatro novos casos da doença (24 horas).

A expectativa dos empresários e comerciantes é grande. As academias de musculação já estão preparadas para a possível reabertura. Apesar de alguns estabelecimentos terem divulgado o retorno as atividades para a próxima segunda (3), O prefeito Joaquim Neto ainda não confirmou detalhes do assunto.

O governador Paulo Câmara deve emitir, até o fim de semana, um decreto incluindo as cidades da Macrorregião II nas etapas 5 e 6 do Plano de Convivência com a Covid-19.

Caruaru anuncia reabertura de academias, bares e restaurantes

Nesta quinta (30), a prefeitura de Caruaru, Raquel Lyra, anunciou a reabertura de academias, bares, lanchonetes e restaurantes na cidade do Agreste pernambucano, a partir da próxima segunda (3). Na ocasião, a chefe do Executivo participou ma reunião com representantes do Governo de Pernambuco.

1 comentário

  1. Só falta inventarem de não abrir , 4 meses é pouco tempo pra ficar sem trabalhar né ?, afinal tem pouca gente em Gravatá que trabalha com bares e restaurante.

    Esse ano tem eleição, nós que trabalhamos nesse setor vamos lembrar disso.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui