Prefeito de Gravatá afirma que empresa responsável por asfaltamento da cidade foi notificada por incidente

0
406

Joaquim Neto afirma que a ação foi realizada sem o conhecimento da Secretaria de Meio Ambiente

Foto: Reprodução / Vídeo

Igor da Nóbrega

Durante uma transmissão ao vivo (Live) realizada na noite deste sábado (1º), o prefeito Joaquim Neto afirmou que a empresa responsável pelo programa Gravatá Mais Asfaltada foi notificada, após uma denúncia feita nas redes sociais. Nas imagens, é possível ver muita fumaça saindo do canteiro de obras, que fica ao lado do Hospital Municipal Dr. Paulo da Veiga Pessoa, no Agreste do estado. O incidente aconteceu nesta sexta (31).

De acordo com o chefe do Executivo, a ação foi realizada sem o conhecimento da Secretaria de Meio Ambiente. “Não foi nem a empresa. Alguns funcionários precisaram retirar um produto do caminhão. Fizeram um aquecimento e acabaram produzindo uma fumaça, que, na realidade, não invadiu o hospital”, disse Joaquim Neto.

O prefeito diz que nenhum paciente internado no hospital foi atingido pela fumaça. “Nós não concordamos com esse tipo de atitude de ninguém, muito menos da empresa que está prestando serviço ao município. Então fizemos a nossa parte. O município não fica omisso jamais com coisas desta natureza. Fiquem tranquilos”, explicou.

A Live aconteceu nas redes sociais da Prefeitura de Gravatá.

Entenda o caso

Na tarde desta sexta (31), um vídeo mostra a funcionários da empresa responsável pelo recapeamento da cidade, através do programa Gravatá Mais Asfaltada, produzindo muita fumaça. O caso rapidamente tomou conta das redes sociais. Nas imagens, um homem faz uma denúncia. “Agora veja bem, ao lado de um hospital público. Olha o que o prefeito de Gravatá fez. Uma usina. É muita falta de respeito com o ser humano”, disse.

Clique AQUI e confira o vídeo na íntegra.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui