Em Gravatá, academias só podem funcionar com 50% da capacidade, informa protocolo

0
221

Todas as áreas das academias devem fornecer álcool 70% para alunos, profissionais e colaboradores

As academias devem se adequar ao protocolo estabelecido pelo Decreto Municipal 060/2020. (Foto: Academia K1 / Instagram)

Igor da Nóbrega

As academias de ginástica e musculação de Gravatá, no Agreste do estado, só poderão funcionar com 50% da capacidade. É o que determina um protocolo do Decreto Municipal 060/2020, emitido, na noite deste sábado (1º). O prefeito Joaquim Neto realizou uma transmissão ao vivo (Live) nas redes sociais para tratar da reabertura das atividades comerciais.

Dentre outras exigências, os espaços deverão limitar a quantidade de matriculados, obedecendo a ocupação simultânea de um aluno a cada 10 metros quadrados (áreas de treino, piscina e vestuário). É necessário ainda deixar o espaçamento de um equipamento sem uso para o outro ou garantir o distanciamento mínimo de 2 metros entre eles, fazendo o mesmo com os armários.

Quanto à higiene, os alunos, profissionais e coloboradores deverão ter acesso a recipientes com álcool a 70% para higienização das mãos em todas as áreas da academia (recepção, musculação, peso livre, salas de coletivas, piscina, vestiários, kids room, etc). Já para a limpeza das superfíceis, a Anvisa autoriza o hipoclorito de sódio a 0,5%, alvejantes contendo hipoclorito (de sódio, de cálcio), a 2-3,9%, entre outros produtos disponibilizados através do anexo (link), ao final desta matéria.

“Caso haja confirmação de alunos, profissionais e colaboradores com suspeita ou diagnosticado de Covid-19, estes serão afastados e deve ser realizada a busca ativa das pessoas que tiveram contato com o indivíduo e comunicá-los para que adotem as medidas necessárias”, informa o item 22 do Anexo II – Protocolo Nº 11 Academias e Similares.

Na semana passada, o Governo do Estado autorizou, através de decreto, a inclusão cidades da Macrorregião de Saúde II (Agreste) nas 5ª e 6ª etapas do Plano de Convivência com a Covid-19.

Clique AQUI e faça o download no Decreto Municipal 060/2020.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui