Mesmo com pandemia, gastronomia de Gravatá vive em expectativa positiva para o Dia dos Pais

0
220

Os comerciantes pretendem recuperar parte da queda de receita ocasionada pela pandemia do novo coronavírus

Picanha angus, um dos carros-chefes do almoço do La Fondue Unique. (Foto: Divulgação)

Igor da Nóbrega

Os restaurantes, lanchonetes e empreendimentos da área gastronômica de Gravatá, no Agreste de Pernambuco, estão otimistas em relação ao Dia dos Pais. Comemorado neste domingo (9), a data espera movimentar a economia local, que teve uma queda grande de receita durante a pandemia do novo coronavírus.

Para este ano, uma das apostas é inovar na criatividade do cardápio e dos pratos. Através disso, o La Fondue Unique, um dos restaurantes mais tradicionais do estado, oferecerá um tipo de almoço diferente. “O cliente vai escolher o tipo de carne que ele mais gosta, podendo ser picanha angus, bife chorizo, camarão, salmão, entre outras opções. Enquanto isso, nossos garçons servirão um super rodízio de acompanhamentos”, explicou o proprietário Paulo Victor Mergulhão.

Para o domingo, a Arte Café vai trabalhar com cestas de café da manhã, que já vem sendo encomendas através das redes sociais da cafeteria e lanchonete. O local também abrirá normalmente ao público. “Vamos trabalhar de uma forma que proporcione segurança aos nossos clientes e funcionários. Desde a reabertura de nosso comércio, que aconteceu nesta sexta (7), estamos sugerindo que os clientes descartem o próprio lixo. Estamos ansiosos e esperamos homenagear os papais com coisas gostosíssimas que preparamos especialmente para eles”, destacou uma das proprietárias do empreendimento, Milene Santos.

Além de servir o tradicional prato brasileiro que leva o nome do estabelecimento, a Feijoada da Serra está realizando encomendas da chamada ‘cesta buteco’, preparadas com tábua de frios, amendoim, torradas, vinhos e outros produtos. “Se o pai não beber, nós trocamos o vinho por outra coisa. É bem completa, incluindo até queijo do reino. Lembramos que as encomendas das cestas acontecem até hoje”, explicou .

Em Gravatá, os restaurantes, bares, lanchonete e similiares tiveram autorização para reabertura na última segunda (3), após quase cinco meses com as portas fechadas. Na ocasião, o Governo do Estado incluiu as cidades da Macrorregião de Saúde II (Agreste) nas 5ª e 6ª etapas do Plano de Convivência com a Covid-19.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui