Em Gravatá, mais de 100 pacientes se curam da Covid-19 num intervalo de 10 dias

0
164

Para evitar o agravamento dos casos, o governo municipal vem distribuindo kits de medicamentos ainda nos sintomas iniciais da doença

Foto: SECOM

Igor da Nóbrega

O número de curados com Covid-19 vem crescendo em Gravatá, no Agreste de Pernambuco. Segundo os boletins divulgados pela Secretaria de Saúde, num período de 10 dias, a cidade confirmou a recuperação de 103 pacientes que haviam contraído a doença.

O cálculo foi feito entre os dias 2 e 11 de agosto. Para frear os casos graves no município, as Unidades Básicas de Saúde (UBS) passaram a distribuir, no mês de junho, kits de medicamentos compostos por Vitamina C, Zinco, Ivermectina e Azitromicina.

“A medida é para auxiliar quem está com coronavírus, mas está se tratando em casa, por não apresentar os sintomas mais graves que exigem internação. Apesar de ainda não haver uma cura específica para a doença, esses medicamentos são os que mais têm apresentado resultados positivos, sendo indicados pelo Ministério da Saúde. Com o tratamento adequado em casa, é evitado que muitos destes casos se agravem e que o paciente tenha que ocupar mais um leito hospitalar”, esclareceu o prefeito Joaquim Neto, na época.

Ainda de acordo com os boletins, no mesmo período de tempo, Gravatá registrou 81 novas ocorrências, seis óbitos e descartou 913 casos de Covid-19.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui