Lacen atrasa entrega de laudos e casos em investigação de Covid-19 acumulam em Gravatá

0
165

Em algumas amostras, o atraso na divulgação dos laudos ultrapassa 20 dias

Foto: SECOM

Igor da Nóbrega

O Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco (Lacen-PE) está atrasando o resultado dos exames para Covid-19 em todo o estado. Na cidade de Gravatá, localizado no Agreste pernambucano, o número de casos em investigação vem se acumulando.

Segundo o último boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Gravatá, na noite desta sexta (21), os casos investigados totalizavam 159. Um dia antes, o registro foi de 161. Já na última quarta, o total de ocorrências foi de 132.

De acordo com o secretário de Saúde de Gravatá, Luiz Ribamar, o laboratório tem um prazo de 5 a 7 dias para entregar as amostras, realizar os exames e divulgar os laudos. “Atualmente, nos deparamos com constantes atrasos além do prazo informado para entrega de resultados. Chegamos a ter casos em que o paciente cumpre todo o período de isolamento, 14 dias, a partir da data de início de sintomas, e não recebemos, em nosso sistema, o laudo com o resultado do testes”, disse.

O secretário afirma que os atrasos acabam prejudicando o planejamento feito pelo município. “Inclusive tem sindo uma constante o prazo de 10 dias para recebimento dos resultados, com amostras que chegam a quase 20 dias sem retorno de resultados. Todo esse processo tem dificuldade nosso planejamento, visto que os resultados dos exames nos dão uma noção de como está o grau de transmissibilidade dos casos em nossa população”, explicou.

Por telefone, nossa redação tentou entrar contato com a diretoria do Lacen, mas nenhum responsável estava presente.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui