Coronavírus afeta economia brasileira e PIB tem maior queda desde 2009

0
240

O auge do isolamento social foi o principal responsável pela queda dos índices econômicos

Foto: Marcello Casal Jr. / Agência Brasil

Elizabeth Barbosa*

Devido à pandemia do novo coronavírus, a economia brasileira foi afetada e registrou uma alta queda no segundo semestre de 2020. O Produto Interno Bruto (PIB) caiu 9,7 %, em comparação ao primeiro trimestre deste ano, e 11,4 %, em relação ao segundo trimestre de 2019.

Esses resultados referem-se ao auge do isolamento social, quando diversas atividades econômicas foram parcial ou totalmente paralisadas para enfrentamento da pandemia”, explicou a coordenadora de Contas Nacionais do Instituo Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Rebeca Palis.

Segundo o IBGE, os números, informados nesta terça (1º), mostram que a economia voltou ao mesmo patamar do final de 2009, quando o país ainda sofria os impactos da crise financeira mundial de 2008. No segundo trimestre, o PIB chegou a R$ 1,653 trilhão em valores reais.

O IBGE divulgou ainda o baixo desempenho da economia no primeiro trimestre, de 1,5% para 2,5%, em relação ao trimestre anterior. No primeiro semestre do ano, a economia somou queda de 5,9%. Já no acumulado dos últimos 12 meses, o recuo é de 2,2%.

No Brasil, as regras de isolamento social contra a Covid-19 tiveram início no final de março, com o ritmo de queda da atividade atingindo o ápice somente em abril.

Todavia, os indicadores já mostram que o ritmo da economia passou a ganhar força no final de julho, com a reabertura de empresas e negócios, após medidas mais rigorosas de isolamento social.

*Estagiária supervisionada por Igor da Nóbrega

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui