Dívida pública do Brasil cresce em oito meses e chega a bater 88,8% no ano

0
117

O déficit pode alcançar os 95% do PIB até o fim do ano

Foto: Sérgio Lima / PODER 360

Elizabeth Barbosa*, com UOL

Entre os meses de janeiro e agosto a dívida pública bruta do Brasil saltou de 75,8% do PIB para 88,8%, em agosto, com previsão de chegar a 95% do PIB no final do ano. Cerca de 60% deste déficit é indexado à inflação e a juros pós-fixados, que a acompanham.

O déficit primário do setor público consolidado aumentou e atingiu 12,1% do PIB (antes apenas 0,46% em igual período de 2019), chegando a R$ 549 bilhões. Só o Auxílio Emergencial, pago entre abril a agosto, referem-se a R$ 212,8 bilhões deste total.

Segundo especialistas, o governo Bolsonaro ainda tem tempo para evitar uma catástrofe macroeconômico maior. Mas, para isso, teria de se comprometer mais com o controle do déficit e da dívida pública.

Na última quinta (1), o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, afirmou que os juros podem subir se o governo deixar de respeitar o chamado teto de gastos. O assunto é um dos principais ponto de discórdia entre Guedes, que deseja mantê-lo, e Marinho, que defende a flexibilização para poder gastar mais.

De acordo ainda com especialistas, uma dívida curta e cara está refletindo na desconfiança do mercado e na capacidade do governo de honrá-la, assim como a incompetência da equipe econômica na condução das reformas e na busca de fontes de financiamento para programas sociais.

Tudo isso tem levado muitos investidores a se protegerem, comprando dólares. A moeda norte-americana acumula uma alta porcentagem de cerca de 40% em 2020. E o real é a moeda que mais se desvaloriza no mundo atualmente.

Agora, com o governo de Bolsonaro cogitando a ideia de o país se endividar mais para bancar despesas correntes, o dólar e os juros voltaram a subir e a bolsa caiu, em movimentos nocivos para a recuperação da economia.

*Estagiária supervisionada por Igor da Nóbrega

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui