Procurador-geral de PE é finalista do Prêmio Inovação Judiciário Exponencial

0
68

O Ministério Público de Pernambuco disputará a final com o MPRJ e MPSC

Foto: Ed Machado / Folha de Pernambuco

Elizabeth Barbosa*

O procurador-geral de Justiça de Pernambuco, Francisco Dirceu Barros, é finalista do Prêmio Inovação Judiciário Exponencial. A premiação que acontece, na próxima terça (13) às 10h, destaca protagonistas da revolução exponencial no ecossistema de Justiça.

O objetivo da premiação é reconhecer e incentivar o desenvolvimento de iniciativas inovadoras, a partir do uso de tecnologias em processos de gestão e novas metodologias no âmbito do Sistema de Justiça.

“Fico muito honrado e feliz com a indicação. Uma das principais metas da nossa gestão era colocar o Ministério Público de Pernambuco entre as grandes instituições do MP brasileiro. Concorrer com o MPRJ e o MPSC é um grande feito”, declarou Francisco Dirceu.

Ao lado de Dirceu, também concorrerão ao prêmio, na final, o procurador-geral de Justiça do Rio de Janeiro, Eduardo Gussem, e o procurador-geral de Justiça de Santa Catarina, Fernando Silva Comin.

De acordo com o MPPE, dentro os critérios de avaliação, está aquele que melhor idealizou, incentivou, patrocinou projeto de inovação diferenciado e fez a diferença para a Justiça. Será levado em consideração ainda a contribuição excepcional ao sistema da justiça, possivelmente, em situação de crise ou que tenha demonstrado uma trajetória diferenciada mais longa e consistente de liderança de gestão de projeto ou programa inovador ou difusão de inovação.

As iniciativas classificadas em 1º lugar poderão receber visitas técnicas internacionais oferecidas pelas instituições apoiadoras do Prêmio Inovação Judiciário Exponencial.

Para participar da votação, que ocorrerá durante o evento, das 14h às 16h, basta acessar o endereço eletrônico:www.expojud.com. Para servidores, membros e demais profissionais, as inscrições serão gratuitas.

Para mais informações, clique AQUI.

*Estagiária supervisionada por Igor da Nóbrega

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui