GRAVATÁ: Ex-candidata do PSC desmente indeferimento de candidatura divulgado em blog

0
318

O texto relatado pelo veículo de comunicação online informa que Dianiêres Souza teve a candidatura indeferida por falta de comprovação escolar

Imagem: Divulgação

Igor da Nóbrega

A gravataense Dianiêres Souza desmentiu o resultado final do indeferimento da candidatura veiculado por um blog da região, nesta quarta (21). Segundo o veículo de comunicação online, a ex-candidata à vereadora pelo PSC não concorrerá às eleições 2020 por não ter apresentado, à Justiça Eleitoral, comprovação escolar. Até o mês passado, ela apoiava o então pré-candidato a prefeito no município de Gravatá, Daniel Alves.

Segundo Dianiêres, o pedido da retirada da candidatura e da desfiliação partidária aconteceu após o PSC declarar apoio ao PSB, no dia 15 de setembro, nas eleições municipais. “Agora eles estão usando de má fé, jogando uma matéria que me desmente sobre os fatos, dizendo que eu não retirei minha candidatura, e sim que fui impedida. Eu tenho provas com áudios e as datas das mensagens. Quem me conhece sabe muito bem de minha postura, conduta e índole”, explicou.

Naquele momento, a ex-candidata lembra que entregou a documentação ao contador do partido, Nivaldo Santos. O advogado fez a petição, tudo direitinho, e eles me disseram que me substituiriam por outra candidata”, afirmou.

A sentença foi divulgada pelo magistrado José Célio de Sá Leite, juiz da 30ª Zona Eleitoral. Na ocasião ainda, outra pessoa também teve a candidatura indeferida pelo mesmo motivo.

Diante dos transtornos, Dianiêres menciona ainda que o PSC está dando apoio em relação ao caso.

Confira, abaixo, o áudio da ex-candidata.

Dianiêres resolve ser candidata pelo PSC

Dianiêres explica que o então pré-candidato Daniel Alves (PSC) foi até sua residência convidá-la para ser candidata. “Ali eles disseram que dariam todo o suporte necessário, até porque todos sabem que eu não tenho condições financeiras de bancar uma candidatura para vereadora”, pontua.

Em reunião com Daniel Alves e representantes do PSC, a ex-candidata deixa claro que não não disputaria as eleições caso o partido se coligasse com o PSB. “O presidente do PSC no estado, André Ferreira, que é irmão do prefeito de Jaboatão e também presidente do PL, Anderson Ferreira, me disse que não havia possibilidade alguma desta coligação. Eles já sabiam minha opinião em relação ao partido do atual governador”, relatou.

Pouco tempo depois, Dianiêres fica sabendo da desistência de Daniel nas eleições de Gravatá. “Na época, eu fiquei sabendo que o PSC iria apoiar o PSB. Eles não foram leais com os filiados, então, naquele momento, eu me senti traída. Eu pedi para tirarem candidatura e exigi minha desfiliação do partido”. concluiu.

Desistência de Daniel Alves

Confira, abaixo, o despacho da desistência da candidatura de Daniel Alves.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui