TRE emite resolução proibindo comícios, carreatas e passeatas que promovam aglomeração

0
247

A medida foi aprovada faltando praticamente duas semanas para o 1º turno das eleições 2020

Carreata realizada pela coligação “Frente Popular de Gravatá” na última terça (27). Imagem: Ilustrativa /Reprodução / Padre Joselito / Instagram

Igor da Nóbrega

Durante sessão realizada na noite desta quarta (28), o Tribunal Regional de Pernambuco (TRE) emitiu uma resolução proibindo atos de campanha que promovam aglomeração, ainda que realizados em espaços abertos, semi-abertos ou no formato drive-in. A medida foi aprovada faltando praticamente duas semanas para o 1º turno das eleições 2020, que acontece no dia 15 de novembro.

Na prática, estão proibidos comícios, bandeiraços, passeatas, caminhadas, carreatas e similares, e confraternizações ou eventos presenciais, inclusive os de arrecadação de recursos de campanha, ainda que no formato drive-thru.

Dentre outros fatores, o TRE entende que, na prática, os encontros políticos não cumprem requisitos como distanciamento social, uso de máscaras e outras precauções indicadas pelas autoridades sanitárias. “CONSIDERANDO que, estando as aglomerações expressamente proibidas no Estado de Pernambuco, não há razão para permiti-las em atos de campanha”, afirma um trecho do processo administrativo.

Carreatas são canceladas em Gravatá

Com a decisão do TRE, as três coligações partidárias do município de Gravatá, no Agreste de Pernambuco, encerram as atividades com militantes e público na noite desta quinta (29).

O Partido Social da Democracia Brasileira (PSDB) teve de cancelar ainda a “Grande Cavalgada da Vitória”, que estava agendada para o próximo domingo (1º).

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui