GRAVATÁ: Policiais à paisana ameaçam militantes políticos; tiro é disparado para intimidar uma das vítimas

0
1616

O incidente aconteceu na madrugada desta terça (10), no bairro do Cruzeiro

Josivan José da Silva, 47 anos, uma da vítimas, concedendo uma coletiva de imprensa em frente à Delegacia de Polícia Civil de Gravatá. (Foto: Pedro Ferreira)

Igor da Nóbrega

No fim da manhã desta terça (10), um militante da Coligação “A Mudança Continua” registrou, na Delegacia de Polícia da 62ª Circunscrição de Gravatá, no Agreste de Pernambuco, um Boletim de Ocorrência contra três policiais militares. Segundo o B.O., os agentes estariam à paisana (fora do horário de trabalho) e um tiro foi disparado perto do ouvido da vítima. Outros três militantes também foram ameaçados.

De acordo com Josivan José da Silva, 47 anos, os policiais e mais três pessoas teriam ido, inicialmente, na casa do candidato a vereador Bruno Sales (PSDB), chegando a ameaçá-lo. “Bruno ligou para mim e fomos dá um apoio a ele. Fomos até o Cruzeiro e o cidadão Alex da Água mandou a gente desaparecer, dizendo que era disso aí para pior. Tinha um tal de Boneco me filmando e, quando eu fui tomar o celular dele, um dos policiais deu um tiro quase no meu ouvido. Eu fiquei moco na hora. Em seguida, apontou a arma para mim dizendo para eu desaparecer de lá”, afirmou.

As informações apontam ainda que os agentes estariam acompanhados por uma mulher, ainda não identificada, num Fiesta Branco. No veículo, um motorista aguardava o grupo.

A vítima lembra que, após o incidente, os militantes se dirigiram a policiais militares que estavam em frente à Caixa Econômica Federal. “Chegando lá, eles disseram que era coisa política, que não queriam sabe disso e que procurássemos a Polícia Civil. Como a delegacia da cidade estava fechada, deixamos para registrar nossa queixa agora pela manhã”, concluiu Josivan.

O oficial Cap. Roberto Santos, que atua na Corregedoria Geral da SDS, explica que a corporação está analisando os fatos. “Estamos trabalhando na situação, para adoção das medidas decorrentes”, disse.

O projétil de bala usado pelo policial também foi apresentado junto com B.O.

O candidato Bruno Sales também registrará um Boletim de Ocorrência na tarde de hoje.

Confira, abaixo, o B.O. prestado por Josivan e demais militantes:

https://correionoticias.com/wp-content/uploads/2020/11/B.O..pdf

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui