RESULTADO: Prefeitura de Gravatá divulga análise da Caixa para os candidatos sorteados no ‘Minha Casa Minha Vida’

0
197

A relação é para possível contemplação no Residencial Riacho do Mel

Foto: Ricardo Labastier / SECOM

Correio Notícias, com SECOM

A Secretaria de Assistência Social e Juventude do município de Gravatá, no Agreste do estado, divulgou, nesta terça (15), os candidatos cadastrados e sorteados no Programa Minha Casa Minha Vida (FAR). A relação é para possível contemplação no Residencial Riacho do Mel.

Na 1ª primeira etapa de entrega, 194 famílias serão beneficiadas – 97 do sorteio realizado no último dia 30 de novembro; e outras 97 integrantes de indicação direta, tendo em vista que as referidas famílias se encontram em área de risco e em situação de ocupação irregular (Rua da Linha).

“Na fase posterior a indicação e ao sorteio, os candidatos foram submetidos à análise do Sistema de Tratamento Habitacional da Caixa Econômica Federal (SITAH), conforme Portaria 163/2016 do Ministério das Cidades”, explicou a secretária de Assistência Social, Ana Lourdes.

Clique AQUI e confira a relação da análise.

Para ter direito a moradia, serão verificadas as seguintes informações cadastrais e financeiras dos candidatos inscritos:

  • Fundo de Garantia do Tempo de Serviço – FGTS;
  • Relação Anual de Informações Sociais – RAIS;
  • Cadastro de Mutuários – CADMUT;
  • Cadastro de Inadimplentes do Governo Federal – CADIN;
  • Sistema Integrado de Administração da Carteira Imobiliária – SIACI;
  • Cadastro Único de Assistência Social – CADÚnico.

Em contrapartida, os motivos que determinam que um candidato seja incompatível são:

1) Renda familiar bruta superior a R$ 1.800,00;

2) Integrante do grupo familiar no Cadastro de Inadimplentes do Governo Federal (CADIN);

3) Integrante do grupo familiar com financiamento de natureza habitacional ativo ou não junto ao Cadastro de Mutuários (CADMUT);

4) Integrante do grupo familiar com financiamento de natureza habitacional ativo ou não junto ao Sistema Integrado de Administração da Carteira Imobiliária (SIACI).

Todo o candidato (a) incompatível tem o direito de interpor recurso, apresentando as devidas justificativas até o dia 18 de dezembro de 2020, às 12h. Para tanto, é necessário protocolar o recurso junto ao Centro de Referência de Assistência Social, anexo II – (CRAS II), que está localizado na Rua Auditor Jurandir de Medeiros, S/N, Área Verde. Posteriormente, será enviado o pedido de recurso a Caixa Econômica Federal (CEF), que novamente submeterá as informações no SITAH para nova análise.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui