RECIFE: Das 33 promessas de campanha, prefeito Geraldo Júlio cumpre totalmente menos da metade

0
169

As áreas da educação e cultura foram as mais atingidas com a não realização dos projetos prometidos

Foto: Instagram / Reprodução

Igor da Nóbrega

O prefeito do Recife, Geraldo Júlio, chega, ao final do segundo mandato, cumprindo 14 promessas de campanha das 33 lançadas nas eleições de 2016. As áreas da educação e cultura somaram foram as mais atingidas com a não realização dos projetos.

Segundo levantamento realizado pelo portal G1, no quesito da saúde, o chefe do Executivo Municipal não cumpriu o programa “Remédio na Mão”, que visava entregar medicamentos de uso contínuo a pacientes com dificuldade de locomoção. Em contrapartida, a prefeitura alega que a pandemia da Covid-19 contribuiu para a suspensão do projeto-piloto. Por outro lado, a prefeitura explica ainda que a prioridade foi manter o abastecimento de remédios normal aos usuários da rede municipal e que, por isso, entregou a nova Central de Logística da Secretaria de Saúde do Recife, na Guabiraba, aperfeiçoando assim os processos de distribuição de medicamentos.

Quanto à “inclusão social”, o prefeito deixou de implantar a Central da Língua Brasileira de Sinais, que disponibilizaria intérpretes para acompanhar pessoas com deficiência auditiva em exames e consultas médicas. No primeiro trimestre de 2020, a prefeitura chegou a lançar um edital para a realização de concurso público, com o intuito de contratar profissionais para atuar em novos equipamentos da assistência social. Contudo, o concurso precisou ser cancelado por conta da pandemia da Covid-19.

Quanto às promessas de campanha que foram realizadas, Geraldo Júlio colocou em prática todos os projetos voltados à infraestrutura da capital pernambucana, com destaque para a reforma da Avenida Conde da Boa Vista. “Quem está dentro do ônibus, vai ter o tempo da viagem reduzido em um terço do tempo, e quem está a pé vai ter um melhor deslocamento nas calçadas, travessia com mais segurança e também um espaço melhor para poder esperar o ônibus’, afirmou Geraldo Julio, durante o 2º turno das eleições de 2016.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui