Gastronomia de Gramado se reinventa durante a pandemia e mantém sucesso

2
518

Há menos de um ano, a Chocolate Gramadense inaugurou sua nova loja, ao lado da fábrica. (Foto: Igor da Nóbrega / Mais Agreste)

Igor da Nóbrega

Quem consegue resistir a um bom vinho, chocolate, cerveja artesanal, café gourmet ou uma sequência de fondues? Quem vem a Gramado, a Suíça brasileira, não fica apaixonado apenas pela lindíssima cidade, influenciada pela arquitetura de vários países europeus, como também não consegue resistir ao rico e diversificado universo gastronômico.

Contudo, no ano passado, o município também teve que lidar com imprevistos e desafios por conta da Covid-19. Mesmo assim, os restaurantes, bares, as lojas e fábricas de chocolates, as cafeterias, as vinícolas, entre outros empreendimentos, conseguiram se adaptar de uma forma surpreendente. Os turistas continuaram a visitar e conhecer a Suíça brasileira, com todas as normas de segurança exigidas pelas leis municipal e estadual.

E, é claro, que o Correio Notícias conferiu de perto alguns dos principais estabelecimentos gastronômicos locais. Fomos até o St. Gallen Restaurant, o brewpub La Birra, o Chocolate Gramadense, a loja Jolimont Vino Bier e a Innamorato Caffè Gramado. Confira, abaixo, como foi a visita em cada espaço:

Deliciosa fondue com carnes nobres e selecionadas (contrafilé argentino, picanha, filé mignon, filé de frango e filé suíno). Foto: Igor da Nóbrega / Correio Notícias

St. Gallen Restaurant

Vir a Gramado e não provar as irresistíveis fondues, é deixar de conhecer uma das principais áreas culturais em termos de gastronomia. Por isso, escolhemos o St. Gallen Restaurant, uma das maiores referências em culinária suíça, ou seja, uma responsabilidade enorme. Mas antes de falar sobre os pratos em si, gostaria de parabenizar o local pelas medidas preventivas adotadas, para manter a segurança de clientes e funcionários. Na entrada, é disponibilizado álcool em gel para a higienização das mãos. Por outro lado, o restaurante ainda mantém o distanciamento mínimo exigido entre cadeiras e mesas, além de exigir o uso da máscara nos momentos em que o cliente ingressa no ambiente, vai ao banheiro ou paga a conta no balcão.

“A gente orienta os clientes a sentarem com o distanciamento mínimo e necessário. Sempre limpamos os cardápios e maquinetas de cartões de crédito, pois possuem sempre manipulação por parte dos clientes. Todos os nossos funcionários usam máscaras”, explicou o gerente Marcos Procópio Cardoso.

As fondues doces contam com o irresistível chocolate de Gramado e o doce de leite uruguaio. (Foto: Igor da Nóbrega / Correio Notícias)

Sequência de fondues

Agora vamos ao principal e o que interessa, que são as irresistíveis receitas da casa. Fomos recepcionados com uma legítima sequência de fondues – queijo, carne, chocolate e doce de leite. Como não podia ser diferente, o restaurante mantém a qualidade dos produtos utilizados. A fondue de queijo é feita com os mais renomados queijos suíços (gruyère e emmental). Não precisa dizer mais nada sobre o sabor em si, não é? Como acompanhamentos, tivemos pão, brócolis, cenoura e batata cozida, macaxeira (mandioca) frita e a tradicional goiabada (romeu e julieta). Em seguida, recebemos a fondue de carne, uma das mais gostosas que já provei até hoje. E não fui servido com quaisquer carnes, vale salientar. Já pensou saborear contrafilé argentino, picanha, filé mignon, peito de frango e filé suíno (porco), juntamente com 13 molhos e uma farofa especial? Um verdadeiro manjar dos deuses. Para fecharmos com chave de ouro, degustamos as fondues doces, com destaque para o doce de leite uruguaio. Tive a oportunidade de conhecer, pela primeira vez, esta iguaria fantástica de nosso país vizinho. Foi uma experiência mais que surpreendente. Já a outra fondue doce dispensa comentários, já que o chocolate utilizado é produzido em Gramado, a terra do chocolate brasileiro. O mais incrível é o preço por toda a qualidade de pratos mencionados. O rodízio (sequência) custa apenas R$ 99 por pessoa.

Renomado vinho da Serra Gaúcha

A bebida ficou por conta de um dos principais vinhos da Serra Gaúcha, o Boscato, um dos mais pedidos pelos clientes. Fomos presenteados com um tinto seco cabernet sauvignon (safra 2017). Contudo, a carta de vinhos do empreendimento conta com outras marcas nacionais, como o Jolimont, produzido no município vizinho de Canela, sem deixar de mencionar ainda os vinhos renomados de várias nacionalidades – Itália, Portugal, Chile, França, Suíça, Espanha, entre outros países.

Sobre a queda da receita por conta da pandemia, o gerente é otimista e destaca que o ano de 2020 poderia ter sido bem pior. “Apesar do Natal ter sido fraco, diante da situação atual, não podemos reclamar”, disse Marcos.

St. Gallen é sucesso desde 1991

Desde 1991, o St. Gallen é responsável por servir diversos pratos da gastronomia suíça e alemã, com destaque para o rodízio alemão – carne de porco, chucrute, salsicha colonial, joelho de porco (cozido com ervas), além do purê de maçã e outros acompanhamentos. A opção de pratos à la carte também está disponível.

Endereço, contato e dias e horários de funcionamento

O St. Gallen está localizado numa das áreas mais valorizadas de Gramado, na Avenida das Hortênsias, nº 1122, Centro. O restaurante funciona todos os dias, das 18h às 23h30min.

Para mais informações e reservas, entre em contato agora mesmo através do telefone (54) 3286-2519.

O La Birra é o brew pub mais badalado de Gramado. (Foto: Igor da Nóbrega / Correio Notícias)

La Birra

Há quase cinco anos e meio, o principal brew pub de Gramado dava seu pontapé inicial. Fundado no mês de setembro de 2015, o La Birra é o ambiente ideal para quem busca o melhor dos chopes e das cervejas artesanais, música alternativa, ambiente sofisticado e levemente rústico e gastronomia exclusiva. Falando em gastronomia, não poderia deixar de mencionar a maravilhosa pizza produzida pela casa, que é uma verdadeira delícia. Para quem acha que cerveja harmoniza apenas com hambúrgueres artesanais, indico este irresistível prato italiano servido pela casa.

Contudo, vamos destacar primeiramente as medidas de prevenção que vêm sendo adotadas pelo pub. Assim como é exigido pelas leis municipal e estadual, a entrada e outros locais do ambiente oferecem álcool em gel para a higienização das mãos. Os funcionários do bar também exigem o uso de máscara nos momentos em que o cliente ingressa no ambiente, vai ao banheiro ou paga a conta no balcão. As mesas e cadeiras também obedecem ao distanciamento mínimo exigido. Por fim, é realizada a desinfecção completa após o uso de mesas e cadeiras, para evitar a possível propagação do coronavírus aos novos clientes. Parabéns ao La Birra por orientar e manter o padrão de segurança para todos.

Que tal um chopp puro malte e bem gelado? (Foto: Igor da Nóbrega / Correio Notícias)

Cervejas premiadas

Voltando ao ingrediente principal, provamos cinco dos mais de 60 chopes e cervejas servidos no local, sendo 12 (estilos de linha) e mais de 50 sazonais. E, é claro, que não poderíamos deixar de saborear a cerveja Black Ipa, que recebeu medalha de ouro na Copa Cervezas de America, em 2018; medalha de ouro na Copa Sul-Americana de Cerveza, em 2019; e prata no Concurso Brasileiro de Cervejas (CBC), em 2018. Também provamos a tradicional cerveja Pilsen da marca, que levou a medalha de bronze no Concurso Brasileiro de Cervejas de Blumenau, no ano passado, na categoria American Lager. O evento é considerado o maior concurso cervejeiro da América Latina. É mole? Para quem acha que as premiações acabaram, enganou-se completamente. Agora é a vez de falar da Irish Red Ale, uma das queridinhas do La Birra, eleita a melhor do Brasil, em 2020, conquistando a medalha de prata no CBC, na categoria Scottish Export Ale. Só de ler as premiações, você já ficou com a maior vontade de prová-las, não é verdade?

Desafios enfrentados pelo brew pub

Sobre a pandemia, um dos proprietários do empreendimento, Guilherme Cenzi Alberton, fala sobre os desafios de manter a qualidade dos produtos e serviços, além dos empregos dos funcionários. “O primeiro de todos foi vencer o medo da incerteza. Como a atividade de bares e restaurantes foi proibida, não sabíamos o que fazer, nem quando poderíamos retornar as atividades. Em seguida, revimos todas as contas, contratos, fornecedores, linhas de crédito e auxílios que o governo poderia dar. Nos reajustamos, primeiramente, com tele-entregas e ações de marketing, para manter a marca viva, com campanhas de doações de alimentos, etc, e suspensões de contrato de trabalho. Assim, conseguimos manter todos os empregos e o bar funcionando, mesmo que sem lucratividade por um tempo. Depois, os desafios sempre foram de encontrar formas para reduzir os custos e aumentar as vendas, com as restrições de público e horário, que estamos até hoje enfrentando”, destacou.

La Birra cria alternativas para manter a marca em evidência

Entretanto, assim como toda empresa, o faturamento do La Birra também foi atingido desde o início da pandemia. “Em 2020, faturamos 30% a menos que em 2019, mas, com muito esforço, empenho da equipe, reduções de custos, campanhas de venda, tele-entrega, conseguimos fechar o ano positivo, sem prejuízo”, explicou Guilherme.

Ampliação dos negócios

Devido ao grande sucesso da marca, o bar firmou uma parceria com a vinícola Casa Perini, disponibilizando os produtos em todo território nacional, nas maiores e melhores redes de supermercados, como também em bares e restaurantes.

Além da unidade de Gramado e da matriz, que está localizada em Caxias do Sul, o pub está presente ainda em três outras importantes cidades do sul do país – Bento Gonçalves, Nova Petrópolis e Garibaldi. “Temos um projeto de expansão de bares por meio de franquias, concluiu o empresário.

Endereço, contato e dias e horários de funcionamento

O La Birra está localizado na Rua Garibaldi, nº 109, Centro – Gramado. O pub funciona das terças às quintas, das 17h às 00h, sexta e sábado, das 17h às 01h; e aos domingos, das 15h às 21h.

Para mais informações e reservas, entre em contato agora mesmo através dos telefones (54) 3699-0020 / 99991-3697.

Dentre outros excelentes vinhos, destaco o espumante Moscatel, premiado na 23ª Internationales, em Paris (França), no ano de 2014. (Foto: Igor da Nóbrega / Correio Notícias)

Jolimont Vino Bier

Um dos produtos mais procurados pelos turistas e sommeliers que visitam Gramado, sem sombra de dúvidas, é o vinho. A região sul é conhecida por produzir os melhores vinhos do país, com destaque para a Serra Gaúcha. Através disso, a loja Jolimont Vino Bier oferece diferentes tipos da bebida, que é produzida pela própria vinícola da Jolimont Vinícola. Não poderíamos deixar de conhecer a loja, que está localizada numa das áreas turísticas mais nobres de Gramado, o que confere um charme ainda maior para quem a visita.

Logo na entrada do estabelecimento, álcool em gel disponível para a higienização das mãos dos clientes e novos visitantes, conforme orienta as normas de segurança. Pelo fato da loja ser pequena, apenas uma mesa é disponibilizada no ambiente externo. Na parte interna, alguns bancos e uma pequena bancada ficam à disposição para a degustação de vinhos e espumantes da casa, como também de queijos coloniais e salames produzidos na Serra Gaúcha.

Um dos locais mais apaixonantes de Gramado. Uma verdadeira viagem ao universo do vinho. (Foto: Correio Notícias)

Provei quase todas as bebidas produzidas pela vinícola, com destaque para o espumante Moscatel, premiado na 23ª Internationales, em Paris (França), no ano de 2014. Também tive o prazer de saborear o principal vinho da casa, um maravilhoso Gran Reserva cabernet sauvignon (safra 2015). Gostaria de destacar ainda a cerveja exclusiva oferecida pela Jolimont, uma Vienna Lager (cerveja extra escura), envelhecida em barrica de carvalho francês. Uma das melhores cervejas que já provei até hoje, apresentando um final prolongado no sabor. Realmente surpreendente.

Jolimont cria alternativas para manter a marca em evidência

Contudo, a empresa também teve que se reinventar durante a pandemia, principalmente porque a maior parte da receita da Jolimont é decorrente das visitas realizadas pelos turistas na vinícola, que está localizada no município vizinho de Canela. Sobre isso, o diretor de Marketing, Eduardo Pezzi, afirma que o empreendimento atendeu às leis em vigor e fechou as portas. “Na época, lançamos um tour virtual na plataforma zoom, pela internet. Fizemos alguns convites e as pessoas visitavam a vinícola virtualmente. Tivemos uma experiência muito boa, recrutando muita gente. Para se ter uma ideia, a sala online tinha um limite de 300 pessoas e sempre estava lotada”, destacou. Recentemente, a vinícola retomou os atendimentos presenciais. “Permitimos apenas um vendedor por família ou pequeno grupo. Antes, cada vendedor atendia 40 ou 50 pessoas”, completou.

Crescimento da receita em plena pandemia

Mesmo com os obstáculos provocados pela pandemia, a Jolimont conseguiu alavancar ainda mais as vendas. “No ano passado, não tivemos perda de receita e crescemos entre 30% e 40%. Já vínhamos crescendo anteriormente, mas não esperávamos pelo resultado tão positivo e fantástico. Por outro lado, nosso ecommerce já é consolidado desde 2008”, destacou Eduardo.

Tour virtual suspenso

Antes da pandemia, a Jolimont oferecia aos visitantes um tour virtual de 360º na própria vinícola, com fone de ouvido e óculos. “Paramos de fazer por causa do contato físico, já que os equipamentos podiam se danificar por conta da higienização constante do álcool em gel. Infelizmente, prejudicou um pouco a experiência, porque o tour era bem conhecido”, explicou o diretor.

Jolimont é referência nas medidas preventivas contra a Covid-19

Ainda sobre a prevenção, os cuidados com a saúde de clientes e funcionários tiveram um resultado positivo e de referência em toda a cidade. “Não tivemos nenhum caso de contaminação com nossos funcionários. Isso é importante porque a gente tem que preservar o turista e nossa equipe”, lembrou Eduardo.

Novas lojas

A expectativa agora é o empreendimento continuar abrindo lojas físicas em todo o país. Recentemente, a cidade de Campinas-SP foi uma das cidades contempladas com a expansão da marca.

Análise final do diretor de marketing

Por fim, o diretor fez um breve resumo sobre as adaptações realizadas pela Jolimont. “As empresas precisam se reinventar, usar a tecnologia ao seu favor e focar no cliente. Quanto mais a gente tiver preocupado com nosso cliente, quanto mais propormos experiências bacanas a ele, mais sucesso terá nosso negócio. Por isso, digitalizamos nosso passeio, no primeiro momento, diminuímos os grupos de pessoas e continuamos acelerando nossas campanhas de marketing. Em momento algum, a empresa quis interromper a comunicação e paralisar a produção e o aprimoramento dos produtos. Criamos soluções imediatas. Acredito que essa resiliência foi muito boa e um aprendizado para as prováveis novas crises que vierem. A gente sai bem forte e sai muito melhor que entrou”, concluiu Eduardo.

Endereço, contato e dias e horários de funcionamento

Em Gramado, o Jolimont Vino Bier está localizado na Av. das Hortências, nº 1559, Vila Suica. O local funciona todos os dias, das 10h às 22h. A empresa também possui uma loja em Canela, que está situada na Rua Ernesto Urbani, nº 46, Centro. Por sua vez, a vinícola fica na Estrada Morro Calçado, nº 1420, Morro Calçado, também em Canela.

Para mais informações e reservas, entre em contato agora mesmo através do telefone (54) 9.9243-2018 ou acesse o site https://www.vinhosjolimont.com.br/.

A cafeteria é conhecida por servir drinks exclusivos, a exemplo do Strawberry Gin, que tem como ingredientes uma dose de gin, água tônica, xarope francês de morango, morangos em rodelas, chá de hibisco e gelo. (Foto: Igor da Nóbrega / Correio Notícias)

Innamorato Caffè

Outra opção que não pode faltar em Gramado é o café. Apesar de estarmos no verão, a bebida é uma das mais procuradas pelos turistas, principalmente no fim da tarde. Por isso, fomos até uma cafeteria que vem crescendo cada vez mais na cidade, a Innamorato Caffè. Sentiram o novo peso de responsabilidade que coube a mim? Pois é, mas eu amo desafios, principalmente quando envolvem o paladar. (risos).

A cafeteria fica na tradicional galeria Largo da Borges, sendo o ponto de encontro ideal para finalizar as compras com chave de ouro. E foi exatamente isso que eu fiz. Contudo, vou destacar primeiramente as medidas de segurança empregadas pelo ambiente. Nas entradas e como não poderia ser diferente, álcool em gel para a higienização das mãos. Mesmo sendo compacta, a cafeteria obedece aos decretos municipal e estadual e mantém a distância mínima entre mesas e cadeiras. Um ponto super positivo a ser destacado é o fato do empreendimento ser todo aberto, o que favorece ainda mais a circulação do ar.

“Nosso espaço é bem reduzido. Possuímos apenas oito mesas e, devido ao distanciamento social, precisamos manter mesas isoladas, visando manter o distanciamento social e o bem-estar de todos. Em alguns momentos, operamos com apenas duas mesas, o que corresponde a 25% de nossa capacidade, para atender às regras de distanciamento definidas pelo estado. Foi desafiador, mas nossos clientes foram compreensivos e nos demonstraram uma grande adesão às nossas delicias”, destacou o empresário Michel Rech.

Quem consegue resistir a uma generosa taça de açaí, com granola, leite Ninho, leite condensado, banana e morango? (Foto: Igor da Nóbrega / Correio Notícias)

Delícias da Innamorato Caffè Gramado

Sobre a gastronomia local, fiquei até perdido para escolher os cafés e as sobremesas, pois o cardápio oferece inúmeras opções. Aproveitando o calorzão que invade Gramado e região durante o verão, não resisti e fiz o pedido de uma irresistível taça de açaí, com tudo o que tem direito. Quem me conhece, sabe que não resisto à fruta mais famosa da região Amazônica. Quebrei a dieta e “enfiei o pé na jaca”, como já diz o ditado. Em seguida, provei uma dos drinks exclusivos da casa, o Strawberry Gin, que leva como ingredientes uma dose de gin, água tônica, xarope francês de morango, morangos em rodelas, chá de hibisco e gelo. Gente, a bebida é simplesmente maravilhosa e super refrescante. No entanto, estar numa cafeteria e não consumir um bom café, é até contraditório, concordam? Por isso, para fechar com chave de ouro, saboreei um café carioca – dose de expresso e outra de água quente.

Cafeteria inaugura em plena pandemia

O maior desafio foi ter aberto as portas em plena pandemia. O pontapé inicial da empresa estava previsto para a Semana Santa. “A Innamorato Gramado foi inaugurada no dia 21 de Agosto de 2020. Nossos planos eram ter inaugurado nossa cafeteria na Páscoa, porém, com a chegada da pandemia no país, tivemos que adiar e aguardar um melhor momento. Em julho, retomamos o projeto, que finalmente teve início no mês de agosto”, lembrou o empreendedor.

Treinamento dos funcionários para a pandemia

Como a cafeteria abriu as portas em plena pandemia, os funcionários receberam treinamentos direcionados para as medidas preventivas contra a Covid-19. “Ainda permanecemos com essa grande atenção aos detalhes, permitindo que nossos clientes e funcionários tenham a melhor experiência, com toda a segurança necessária para evitar a propagação do vírus”, atentou Michel.

Desafios de iniciar um negócio em plena pandemia

Não é possível fazer uma análise sobre a queda de receita, já que a Innamorato Caffè iniciou as atividades durante a pandemia. “Imaginamos, pelos cálculos realizados no planejamento do negócio, que estamos realizando cerca de 20 a 40% a menos que em um período sem pandemia. Para nos mantermos atrativos e chamando a atenção dos clientes, procuramos entregar a experiência que eles esperam quando acessam nossas redes sociais, por exemplo. Continuamos seguindo todos os protocolos de segurança e inovando em sabores, produtos e apresentações dos doces. Esperamos que, em 2021, possamos continuar essa caminhada de encantar novos consumidores”, finalizou o empresário.

Endereço, contato e dias e horários de funcionamento

A Innamorato Caffè Gramado está localizada na Av. Borges de Medeiros, nº 2727, Centro – galeria Largo da Borges. A cafeteria funciona das segundas às quintas, das 11h às 18h; e das sextas aos domingos, das 10h às 19h.

Para mais informações e reservas, entre em contato através do e-mail innamoratocaffegramado@gmail.com.

A cascata de chocolate é uma verdadeira tentação para os chocolotras que entram na loja. (Foto: Igor da Nóbrega / Correio Notícias)

Chocolate Gramadense

Para encerrar nossa super reportagem sobre a fantástica gastronomia de Gramado, nada melhor que falar do principal produto da cidade gaúcha, aquele que deu o pontapé inicial na culinária local: o chocolate. E não vou destacar qualquer marca de chocolate, mas uma que vem sendo procurada, cada vez mais, pelos turistas que visitam Gramado. Eu falo da Chocolate Gramadense, que trabalha com cerca de 200 produtos tradicionais e sazonais, todos sem levar gordura hidrogenada vegetal na composição. É chocolate de qualidade até enjoar (risos).

Antes de destacar muita coisa gostosa, vou atentar para a preocupação da loja quanto às medidas preventivas contra a Covid-19. Além do álcool em gel que é disponibilizado na entrada, a loja da fábrica oferece um espaço amplo para evitar aglomeração entre as pessoas. Para tanto, só é permitido um determinado número de clientes. “Determinamos o distanciamento entre os visitantes e nos preocupamos com a prevenção dos próprios funcionários. Com a volta das atividades, colocamos em prática medidas para proteger os turistas e aqueles que trabalham conosco, através das medidas sanitárias estabelecidas pelo Ministério da Saúde e Organização Mundial da Saúde (OMS)”, explicou o diretor da empresa, Ezequiel Lima.

Chocolates que dão água na boca

Gente, quem consegue ficar sem comer com os olhos quando entra numa loja de chocolates? Se você estiver fazendo dieta, sugiro não entrar num ambiente assim, porque vai engordar só de enxergar as inúmeras opções de chocolates disponíveis. Eu fiquei completamente perdido na hora de escolher os produtos, mas resolvi fazer uma mesclagem daqueles que mais gosto. Peguei chocolates em barra (branco, meio amargo e amargo), caixa de bombons, massa para fondues e chocolate quente, alfajor (bombom com chocolate ao leite e recheio de doce de leite), trufas, etc. Como estou numa era mais fitness, optei mais pelos chocolates amargos (70%).

Pausa para apreciar esta obra de arte – taça com sorvetes de côco, pistache e dark (chocolate 70%), cobertura de chocolate e morangos. (Foto: Igor da Nóbrega / Correio Notícias)

Sorvetes e sobremesas

Pensando no calorzão presente no verão, a Chocolate Gramadense oferece um espaço, dentro da própria loja, com a venda de sorvetes e sobremesas irresistíveis. Apesar da dieta, não resisti e corri logo para saborear uma super taça com sorvetes de côco, pistache e dark (chocolate 70%), cobertura de chocolate e morangos. Uma bomba calórica que valeu e muito à pena. Vocês não têm noção do quanto esta sobremesa é absurdamente gostosa.

Páscoa e produção prejudicada no ano passado

Assim como as demais fábricas do ramo, a Gramadense também viveu momentos de incertezas no ano passado, principalmente porque a pandemia teve início um pouco antes da Páscoa, o período de maior faturamento para quem trabalha com chocolates. Segundo Ezequiel, a produção anual da empresa é de 150 toneladas, sendo 65% a 70% deste total destinado ao período da Semana Santa. “Nos deparamos com a situação e não conseguimos trabalhar, porque as empresas tiveram que reduzir o quadro de funcionários e horários. Nos pegou numa situação bem complicada. Tivemos que arrumar outros meios de comercializar o que tínhamos no estoque, que foi através das vendas diretas e domiciliar. Conseguimos amenizar um pouco o problema. Claro que não conseguimos vender um volume tão grande em uma ou duas semanas, é difícil e bem complicado, mas trabalhamos e nos esforçamos bastante. Através da colaboração de muitas pessoas, conseguimos dar uma amenizada na situação. Contudo, o prejuízo na época foi grande, já que muitos produtos ficaram estocados na fábrica e não chegaram a ser vendidos”, disse o diretor.

Gramadense se reinventa durante a pandemia

A pandemia lançou desafios para empresários de todas as áreas da gastronomia. Pensando em não perder receita e ampliar os negócios, a chocolateria passou a trabalhar mais com linha de varejo, por meio da comercialização dos produtos em supermercados e conveniências. Por outro lado, a marca resolveu investir na própria loja. “Aos poucos, foi voltando o movimento na cidade e pensamos em abrir uma loja direto de fábrica, para atender às pessoas com preços atrativos. Tínhamos a esperança que tudo voltaria ao normal. Aproveitamos o período da quarentena para iniciar nosso novo projeto – a ampliação da loja e do espaço de produção da fábrica. Nós tínhamos uma loja de 12m², que passou para 40m². Como vimos que teve uma grande aceitação e procura por parte do público, decidimos aumentar ainda mais o espaço, só que para 210m²”, revelou Ezequiel.

Inverno de 2020 tem resultado positivo

Mesmo com a pandemia, o inverno de 2020 reacendeu a esperança da retomada da economia na cidade. “De maio para cá, o número de vendas aumentou de maneira expressiva. Com o aumento da loja e dos clientes na área de varejo, verificamos uma demanda bem interessante no período de inverno. Felizmente, já estamos com uma marca mais consolidada e firme dentro de Gramado. Até então, a Gramadense era mais conhecida fora do estado – Curitiba, Santa Catarina e na região do Nordeste”, destacou o diretor.

Expectativas para a Páscoa 2021

As expectativas para a Páscoa deste ano são as melhores possíveis. A Gramadense está com praticamente toda a produção pronta. “Já estamos com um número de pedidos bem considerável. Lembramos que somos a única fábrica da região a trabalhar com uma tecnologia exclusiva da Europa, voltada ao refino da massa do chocolate”, concluiu Ezequiel. A marca deve expandir, ainda no primeiro semestre do ano, a loja física para 400 m².

Endereço, contato e dias e horários de funcionamento

A Chocolate Gramadense está localizada na Rua Pref. Waldemar Frederico Weber, nº 365, Floresta. A chocolateria funciona das segundas às sextas, das 8h às 18h; e aos sábados e domingos, das 9h30min às 18h.

Para mais informações, entre em contato agora mesmo através do telefone (54) 3286-1995.

2 Comentários

  1. Gramado é realmente referência na gastronomia para o lazer em família.
    Com todas essas fotos de guloseimas, da vontade de pular na tela do computador.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui