Brasil terá população inteira vacinada até o fim de 2021, afirma ministro da Saúde

0
66

O governo ainda está em fase de negociação com a vacina russa, a Sputinik

Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Correio Notícias

Durante reunião realizada no Senado Federal, nesta quinta (11), o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, afirmou que toda a população brasileira será vacinada contra o novo coronavírus ainda este ano.

“Nós vamos vacinar o país em 2021, 50% da população vacinável até junho; 50%, até dezembro. Esse é o nosso desafio e é o que nós estamos buscando e vamos fazer”, afirmou Pazuello. No momento, no entanto, o ministério conseguiu distribuir menos de 12 milhões de doses, o suficiente para vacinar 6 milhões de pessoas, já que as duas candidatas disponíveis ao Programa Nacional de Imunização (PNI) necessitam de duas aplicações por pessoa”, explicou.

O ministro explica que o país será capaz de produzir 30 a 40 milhões de doses mensais a partir de março, levando-se em consideração ainda a inclusão do imunizante russo, a Sputinik. Atualmente, o Brasil confirmou 100 milhões de doses da chinesa CoronaVac, através do Instituto Butantan, e 210,4 milhões da Covishield, conhecida como a vacina de Oxford/AstraZeneca, pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Segundo Pazuello, o fornecimento em larga escala é esperado apenas para março, quando o país atingir uma escala de produção capaz de ofertar de 30 a 40 milhões de doses mensais, a depender da inclusão ou não da russa Sputnik V.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui