Matérias postadas no site institucional desmentem Prefeitura de Gravatá sobre retorno do serviço de ultrassom

0
448

Matéria postada no dia 14/09/2018. (Foto: Site da Prefeitura de Gravatá / Reprodução)

Igor da Nóbrega

Matérias postadas no próprio site institucional desmentem a atual gestão do município de Gravatá, no Agreste de Pernambuco, representada pelo prefeito Joselito Gomes (PSB). Na última sexta (19), a Prefeitura de Gravatá informou que o serviço de ultrassonografia voltou a ser realizado no Posto 1 após cinco anos. Contudo, um texto postado no dia 14 de setembro de 2018 revela o retorno do mesmo serviço.

Na época, a ultrassom não era realizada há cinco anos na cidade. “Ao assumir a Prefeitura, ano passado, me deparei com um cenário muito defasado na saúde pública e me comprometi em restaurar todos os serviços. Já conquistamos novas ambulâncias, reabrimos o bloco cirúrgico, reformamos postos de saúde, estamos construindo uma nova Unidade, e ainda há muito o que fazer, por isso o trabalho é incessante e diário”, informou o ex-prefeito Joaquim Neto (PSDB), na matéria da época.

Os serviços eram realizados no Posto 1 todas as segundas, das 8h às 17h; quartas, das 13h às 17h; e sextas, das 8h às 12h.

Em conversa com nossa redação, um ex-funcionário da Secretaria de Saúde (gestão passada) informa que o serviço foi disponibilizado ainda pelo primeiro secretário de Saúde da gestão passada, Luiz Tito. “Iniciou com Dr. Eugênio, fazendo no Posto 1. Posteriormente, continuou junto à empresa Medical Mais, que também prestou serviços médicos em Gravatá”, explicou.

Matéria postada no dia 05/08/2020. (Foto: Site da Prefeitura de Gravatá / Reprodução)

Em seguida, o ex-funcionário afirma que foi realizado um chamamento público. Outra matéria postada no site da Prefeitura prova a afirmação. “A gente credenciou outra empresa, que começou a fornecer os serviços de ultrassom próximo ao Verde Frut e ao Hospital Dr. Paulo da Veiga Pessoa, permanecendo até dezembro. A gente só parou por força do decreto, que suspendeu os serviços ambulatoriais devido à pandemia. Depois, com o plano de reabertura, a ultrassom voltou à beneficiar a população. Não paramos grandes momentos sem ultrassom”, concluiu.

Matéria postada no dia 31/10/2018. (Foto: Site da Prefeitura de Gravatá / Reprodução)

Posto 1 encerra Outubro Rosa 2018 com mutirão de atendimentos

Outro texto que desmente a matéria postada pela Secretaria de Saúde da atual gestão foi postado no dia 31 de outubro de 2018. Na ocasião, as Secretarias de Saúde, Mulher e Assistência Social ofereceram diversos atendimentos de saúde para as mulheres gravataenses – clínicos gerais, prevenção de câncer de mama, limpeza de pele, corte de cabelo, marcação de exames laboratoriais e ultrassonografias, além de palestras educativas.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui