GRAVATÁ: Funcionária alega demora na vacinação contra a Covid-19; Secretaria de Saúde fala em organização

0
332

A denunciante afirma que o sistema de Drive-Thru proporcionava uma vacinação muito mais rápida e organizada

Imagem: Status / App / Prefeitura de Gravatá

Igor da Nóbrega

Uma funcionária da Prefeitura de Gravatá fez uma reclamação anônima sobre o atual sistema de vacinação contra a Covid-19 no município do Agreste pernambucano. Segundo ela, a solicitação para se vacinar, feita através de um cadastro disponibilizado pela Secretaria de Saúde, não sai do status “em análise”.

“Tudo bem, coloquei e fiz o cadastro e não sai de análise de jeito algum desde ontem. Agora o que me revolta é saber que aqueles que tem conhecimento político estão todos tomando! Sem fazer esse cadastro ou quando fazem são autorizados rapidamente? Como assim? Um absurdo”, afirmou.

A funcionária se queixa da atuação das profissionais de saúde responsáveis pela imunização. “Uma vizinha minha foi lá no posto de saúde com a mãe dela, as técnicas e enfermeiras sem fazer nada sentadas, com vacinas lá, sem atender ninguém e a única coisa que falaram foi que só pode dar depois do cadastro ser aprovado! Que era uma ordem que foi passada pra elas. Que ordem é essa, que acaba atrapalhando o andamento das coisas? Tava funcionando tudo muito bem quando chegava no Drive-Thru e tomava”, disse.

O Correio Notícias entrou em contato com a Secretaria de Saúde. De acordo com o secretário executivo, Frailan Mota, a pasta está organizando o sistema de vacinação para evitar aglomeração e a distribuição desordenada das doses. “Ao mesmo tempo em que diminui a idade da população, aumenta o número de pessoas que buscam ser vacinadas. Em contrapartida, estamos com uma quantidade mais restrita de vacinas, então estamos tentando evitar problemas na aplicação dos imunizantes”, explicou.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui