Prefeito de Garanhuns emite decreto suspendendo venda de bebidas alcóolicas por conta do aumento de casos de Covid-19

0
83

A proibição se estende ainda ao sistema delivery (entrega em domicílio) e/ou ponto de coleta (Take Away)

Foto: Agência Brasil / Divulgação

Correio Notícias

No último sábado (29), o prefeito de Garanhuns, Sivaldo Albino (PSB), emitiu um decreto suspendendo a comercialização de bebidas alcoólicas “em qualquer hipótese” no município. Válido até o próximo domingo (6), a iniciativa vai ao encontro do aumento no registro de casos de Covid-19 na região do Agreste pernambucano.

A proibição se estende ainda ao sistema delivery (entrega em domicílio) e/ou ponto de coleta (Take Away). “Precisamos de uma resposta rápida para impedir que o vírus continue se multiplicando em Garanhuns e região, e isto só se dará diminuindo o contato entre as pessoas. Estamos abrindo mais leitos de UTI, mas se não barrarmos o avanço do vírus, de nada adianta. A população deve entender que a luta contra a Covid-19 é de todos, por isto é importante ficar em casa, proteger a família e tomar os cuidados preventivos”, afirmou o chefe do Poder Executivo.

Até o dia 29 de maio, a cidade confirmou 11.344 casos do novo coronavírus e 201 óbitos provocados pela doença.

Em contrapartida, o texto prevê o funcionamento normal de supermercados, padarias, mercados, mercearias, comércio atacadista de alimentos e demais estabelecimentos do ramo gastronômico.

Município recebe visita de ministros

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, e o ministro do Turismo, Gilson Machado, estiveram, neste fim de semana, no município. Na ocasião, receberam diversas solicitações da Secretaria de Saúde, do Codeam e do Cosems, entidade que representa os secretários municipais de saúde, para ajudar no combate à pandemia.

Clique AQUI e confira o decreto na íntegra.

Deixar um comentário

Por favor, digite seu comentário
Por favor, coloque seu nome aqui